Início    Site    Sobre Nós

Saiba como sair das dívidas ganhando pouco

Criado 28/02/22        

Boletos atrasados, aumento de juros e inadimplência. Infelizmente, o endividamento continua a crescer entre as famílias mais pobres no Brasil. No mês de abril, 22,3% dos brasileiros com renda familiar de até R$2.100,00 afirmaram ter dívidas. É o que mostra uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre).

Sair das dívidas quando se pertence às classes mais pobres pode parecer um objetivo praticamente inalcançável, pois na maioria dos casos a renda não é o suficiente para suprir as despesas básicas e pagar os débitos. Por causa disso, as pessoas que estão nessa situação passam a acreditar que a única saída para colocar a vida financeira em dia é ganhando mais ou tendo uma renda extra. Você também pensa assim? 

É verdade que aumentar a renda pode te ajudar a liquidar as dívidas, mas existe uma outra solução para quitar as pendências utilizando de forma proveitosa os recursos disponíveis. Veja a seguir como sair das dívidas ganhando pouco. 

Negocie suas dívidas 

A negociação é a melhor saída para quem está endividado e deseja regularizar a situação. Segundo o CEO da empresa Solução Financeira, Thiago Aldo, com o auxílio de uma empresa especializada nesse ramo é possível conseguir até 70% de desconto em uma dívida. 

Para identificar quais dívidas precisam ser negociadas primeiro, faça uma lista com todos os seus débitos e priorize a quitação daqueles que possuem os juros mais altos. Como é o caso de financiamentos de veículos, empréstimos e dívidas com cartões de crédito. 

A modalidade de negociação extrajudicial, ou seja, sem recorrer à justiça tem se despontado, porque torna o procedimento mais econômico e rápido em comparação a um processo judicial. Além disso, dessa forma é possível regularizar a dívida sem afetar drasticamente o orçamento, já que o pagamento da dívida será feito por um valor abaixo do esperado. 

Aprenda a lição e organize-se financeiramente 

Depois de sentir na pele como é ruim ficar endividado, procure adotar hábitos financeiros mais saudáveis. Para te ajudar nessa tarefa, confira abaixo 4 dicas importantes. 

1 Liste tudo

Anote mensalmente todos os recebimentos, as despesas básicas e as dívidas em um caderno ou planilha do computador. Considere até mesmo os gastos pequenos do dia a dia. 

2 Corte gastos desnecessários 

Após visualizar para onde está indo o dinheiro, encare a situação e encontre alternativas para reduzir as despesas e eliminar gastos supérfluos. Essa tarefa não é tão fácil, por isso é importante a participação e colaboração de todos os membros da família. 

3 Elimine as dívidas com juros altos

As dívidas bancárias devem ser quitadas primeiro, porque as taxas de juros são mais altas comparadas a outros tipos de dívidas e tendem a virar uma bola de neve. Sabendo disso, procure o mais rápido possível uma assessoria financeira para te dar o suporte necessário para conseguir a quitação por um valor que cabe no seu bolso e sem o peso de cobranças abusivas. 

4 Tenha o hábito de gastar menos do que se ganha

Para sair das dívidas definitivamente mude a maneira como você lida com o seu dinheiro. O ideal é não comprometer mais de 30% da renda com dívidas. Mas, se por um revés financeiro ou outro motivo às dívidas saírem do controle, negocie essas dívidas com o auxílio de uma empresa de confiança. 

Posts Relacionados

Solução Financeira


Siga-nos

Solução Financeira – CNPJ: 23.847.868/0001-27