EMPRÉSTIMO

Entenda se vale a pena fazer empréstimo para quitar dívidas

Muitas pessoas acreditam que é vantajoso usar um empréstimo para quitar suas dívidas. A primeira vista, o crédito vai cobrir a conta atual, porém é preciso analisar com cuidado as consequências.

Criado 19/08/22         

Posso conseguir empréstimo estando negativado?

Antes de mais nada, o consumidor precisa saber se tem direito ao crédito para depois considerar essa opção. Solicitar empréstimo para negativado já é um desafio, se você for autônomo é um desafio ainda maior. Eventualmente, o risco de não receber o pagamento do empréstimo é maior no caso dos negativados. Por conta disso, bancos e financeiras não apenas fazem uma análise muito criteriosa antes de oferecer o crédito, como elevam as taxas de juros. Nesse sentido, é importante ficar atento para evitar pagar juros abusivos.

Empréstimo para MEI e autônomo

A princípio, estar regularizado como MEI tem relevância na hora de solicitar crédito, pois as movimentações do CNPJ ajudam a comprovar renda. Outra opção para aumentar as chances de conseguir o empréstimo, é apresentar extrato bancário dos últimos 3 meses, pelo menos. Dessa forma, comprova quanto dinheiro entra e sai da conta e, por consequência, a renda que possui.

Pontos importantes a considerar

Já falamos anteriormente sobre as vantagens e desvantagens de fazer empréstimo, mas o cenário muda um pouco quando falamos de quitar dívidas. Acima de tudo, usar o crédito para cobrir um débito é apenas abrir um buraco para tapar outro. Em outras palavras, você apenas vai trocar uma dívida pela outra e continuar tendo altas parcelas para pagar. Por outro lado, contratar o empréstimo em mais parcelas de menor valor, vai estender sua dívida por mais tempo.

Usar empréstimo para quitar dívidas e limpar nome

Ao quitar as dívidas, o consumidor sai da lista de inadimplentes e melhora sua reputação com as empresas credoras. Além de evitar a incidência de juros sobre os valores que está devendo. Enquanto isso, ao pagar à vista uma conta antiga, também tem chances de negociar um bom desconto sobre o valor total. Nesse sentido, usar um empréstimo para quitar dívidas é interessante, já que o desconto pode ser maior que os juros da operação.

Alguns cuidados que você precisa ter

Em condições normais, o consumidor já precisa ficar atento aos golpes e fraudes que pode sofrer. Quando se trata da contratação de empréstimo para quitar dívidas, o risco é triplicado. Além da desvantagem de estar negativado, pessoas mal intencionadas e empresas falsas colaboram para tornar essa opção ainda mais perigosa. Veja algumas situações e como evitá-las.

Não faça depósitos antecipados

Eventualmente, você pode se deparar com empresas fraudulentas que se aproveitam da situação para aplicar golpes. Por exemplo, cobrar depósitos antecipados para liberar o suposto crédito e não realizar a operação. Por essa razão, pesquise antes de fechar negócio e não pague nenhum valor antes de assinar o contrato e receber o valor do empréstimo.

Não caia na armadilha dos juros abusivos

Em geral, as empresas que oferecem empréstimos para negativados aumentam a taxa de juros sob o pretexto de se proteger dos riscos de inadimplência. Por conta disso, é preciso analisar com cuidado os juros de cada instituição. Compare o Custo Efetivo Total (CET) dos créditos que você está pesquisando, antes de assinar o contrato. E veja aqui no blog outras maneiras de se proteger dos juros abusivos.

Evite comprometer demais sua renda

O ideal é que as parcelas que você paga não comprometam mais que 25% da sua renda total. Portanto, fique atento antes de fechar o acordo com a instituição financeira para não correr riscos. Assim você evita que as novas parcelas atrasem e você volte a ficar inadimplente.

Cuidado ao colocar bens como garantia

O empréstimo com garantia, como o próprio nome já diz, precisa de algo como garantia de pagamento. Algumas das posses usadas como garantia são os veículos, imóveis ou celulares. Sendo assim, caso o contratante fique inadimplente, a instituição credora toma o bem como forma de pagamento. É preciso ter cautela para não acabar perdendo investimentos tentando se livrar das dívidas.

Uma maneira mais viável de quitar as dívidas

Ao invés de buscar uma nova dívida para quitar a atual, você pode tentar negociar diretamente com os credores. Isso pode ser feito inclusive antes de atrasar as parcelas. O ideal é ser honesto sobre suas condições financeiras e chegar a um acordo que não prejudique nenhum dos lados.

Inclusive, existem algumas empresas especializadas nesse tipo de negociação, garantindo a quitação da dívida com bons descontos. Por isso, antes de optar por um empréstimo, entre em contato com uma negociadora de confiança. Solicite uma análise gratuita da sua dívida na Solução Financeira e tire suas dúvidas com um especialista. Por fim, continue acompanhando os textos do blog e aprenda dicas de como melhorar sua vida financeira.

Posts relacionados

Solução Financeira – CNPJ: 23.847.868/0001-27